Homenagem a Delfim Santos

· Evento criado por Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema

Foto de Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema.

SET25

Homenagem a Delfim Santos

Público

. Cinemateca – Programação

CICLO HOMENAGEM A DELFIM SANTOS
.
.
Delfim Santos marcou a sociedade portuguesa do século XX graças a um caminho de excelência na pedagogia e na filosofia que fê-lo desenvolver, em paralelo, um percurso próprio na crítica de cinema. Por ocasião dos 50 anos da sua morte, a Cinemateca associa-se à celebração da sua memória, e às iniciativas organizadas em torno dela (exposição e conferências na Biblioteca Nacional, a publicação de um dossier digital na Hemeroteca Municipal de Lisboa, entre outras evocações), para dedicar-lhe uma sessão da sua programação, onde se projetará uma das várias obras sobre as quais lançou o seu olhar e a sua escrita.
.
25/09/2017, 19H00 | SALA M. FÉLIX RIBEIRO
Ciclo Homenagem a Delfim Santos
SIE FANDEN EINE HEIMAT
ALDEIA BRANCA
de Leopold Lindtberg
Suíça, Reino Unido, 1953 – 98 min
.
25/09/2017, 19H00 | SALA M. FÉLIX RIBEIRO
HOMENAGEM A DELFIM SANTOS
.
SIE FANDEN EINE HEIMAT
ALDEIA BRANCA
de Leopold Lindtberg
com John Justin, Eva Dahlbeck
Suíça, Reino Unido, 1953 – 98 min
legendado eletronicamente em português | M/12
.
SIE FANDEN EINE HEIMAT será, como DIE LETZTE CHANCE (1945) ou DIE VIER IM JEEP (1950), um dos filmes mais reconhecidos da carreira do realizador austro-suíço Leopold Lindtberg (e integrante da competição do Festival de Cannes de 1953). Passada no contexto da Segunda Guerra Mundial e no centro do continente europeu (numa aldeia dos Alpes Suíços), a “aldeia” do filme é um lugar onde se juntam crianças refugiadas da guerra, uma história de amor entre dois dos seus instrutores, e a instrumentalização, por parte dos poderes políticos (e de quem sofreu com eles), do futuro de jovens vidas que se veem, hoje, sem raízes num continente que vive a maior das suas feridas. Primeira exibição na Cinemateca.
Sala M. Félix Ribeiro | Seg. [25] 19:00